Showing 34 Result(s)
Ficção, Livros, Opinião

Foi Assim a Guerra das Trincheiras – Os relatos da Primeira Guerra Mundial pela arte de Tardi

Visceral, cruel e necessário. Foi Assim a Guerra das Trincheiras confronta o leitor com um conjunto desconexo de histórias vividas nas trincheiras da Primeira Guerra Mundial. Jacques Tardi, o artista por trás da obra, alerta-nos que esta não é a obra de um historiador É, sim, o relato de um conjunto de eventos não-cronológicos que refletem a sua própria indignação com o homem e o seu sofrimento.

Ficção, Livros, Opinião

Segredos Obscuros de Hjorth & Rosenfeldt – Mais uma prova da grande qualidade dos policiais nórdicos

Escrito em co-autoria pelos Autores suecos Hans Rosenfeldt e Michael Hjorth, Segredos Obscuros constitui o primeiro volume de uma série policial protagonizada por Sebastian Bergman, um psicólogo criminal brilhante mas auto-destrutivo.

Ficção, Livros, Opinião

De Clarice Lispector para Mim – A Hora da Estrela

“A Hora da Estrela” é dos livros mais bonitos que li. A razão tem toda que ver com a linguagem de Clarice, que nos leva numa jornada tão pura. Em pouco mais de 90 páginas, o narrador conta-nos a história de uma menina tão feia e inocente que sem saber o que era a felicidade, a encontrava nas miudezas.

Listas, Livros

O que eu andei a ler em agosto

Agosto… meu querido mês de agosto, que leituras maravilhosas me proporcionaste. O Verão, por si só, é sinónimo de acréscimo no número de leituras porque os dias são maiores, geralmente aproveitamos para tirar férias e os fins-de-semana são passados ao ar livre. E não há melhor local para ler do que uma sombra num parque …

Ficção, Livros, Opinião

O meu primeiro livro de Saramago: Ensaio sobre a Cegueira

Sei que o Memorial do Convento tem por personagens principais Blimunda e Baltazar e que a história gira à volta da construção do Convento de Mafra. De resto, nada mais me lembro. Achei, por isso, injusto dizer que havia lido Saramago e que não gostara. Comecei a responder que não conhecia a obra de Saramago o que é igualmente verdade. Ainda hoje não conheço mas já posso dizer que a escrita do Autor marcou-me, de forma permanente, com Ensaio sobre a Cegueira.

Ficção, Livros, Opinião

Os Vampiros de Filipe Melo e Juan Cavia – a novela gráfica nacional que todos devem ler

A leitura desta novela gráfica foi tão impactante que me debato com as palavras para a sua caracterização. Esta história é nacional e não apenas porque o seu argumentista é português. É nacional porque toca na dor do nosso país que, no silêncio, sofre os efeitos de uma guerra demasiado longa.

Ficção, Livros, Opinião

O Retrato de Dorian Gray de Oscar Wilde – Uma história gótica sobre arte e beleza

Publicado em formato de folhetim mensal em 1890 na revista Lippincott’s Monthly Magazine, a obra-prima de Wilde depressa se revelou polémica. Isto porque temendo uma reação adversa por parte do público, os editores da revista suprimiram mais de 500 palavras da obra, antes da sua publicação.

Ficção, Livros, Opinião

Underground Railroad de Colson Whitehead: Uma Alegoria Realista sobre a Escravatura

Que leitura pujante! Este foi o primeiro adjetivo que me veio à mente quando me propus escrever sobre este livro. Um drama histórico ímpar sobre a escravatura nos EUA do século XIX. Underground Railroad é o nome dado à rede clandestina que operava, nas décadas anteriores à Guerra Civil, para ajudar escravos a alcançar a liberdade.

Ficção, Livros, Opinião

Anno Dracula de Kim Newman

Descobri este livro, por mero acaso, na minha viagem a Londres. Estava a explorar uma das mil livrarias da cidade quando me deparei com uma daquelas capas absolutamente originais que nos captam a atenção num ápice. Não esperei muito tempo e, logo que cheguei ao hotel onde estava hospedada, tratei de o comprar no iBooks. E ainda bem que o fiz!